Empreendorismo

O Email morreu… Será mesmo?

Com o crescimento do Youtube, o Google e as redes sociais, o email com o passar dos anos vem se tornando cada vez mais exclusivo nesse meio digital, isso porque nem todas as pessoas tem disposição para ficar o tempo todo escrevendo textos e mais textos, preferem se comunicar com as pessoas através das redes sociais do que nos emails.

Mas isso não quer dizer que o email está desaparecendo, muito pelo contrário, está crescendo cada vez mais, eventualmente surgem ferramentas de email marketing para ajudar as empresas e empreendedores digitais a se comunicarem com os seus clientes de forma mais específica.

A verdade é que o email no meio da evolução das redes sociais e aplicativos, está funcionando as margens da Internet, fazendo parte de várias estratégias de vendas e marketing de influencias e promoções de produtos das empresas pelo mundo afora. O email realmente é um vovô da Internet que temos que respeitar, porque está aí vivo e nunca muda o seu funcionamento desde quando a Internet ainda não tinha esse nome, e era só uma rede de informações que foi inventado em meio a Guerra Fria, para envio e recebimento de mensagens nos computadores entre os militares e cientistas nos laboratórios das universidades.

Como tudo começou?

Como já dito, o email é a ferramenta mais antiga do mundo, nasceu e cresceu praticamente junto com a Internet, e a Internet ainda se chamava ARPANET (Advanced Research Projects Agency Network), sendo só uma rede de informações e sendo a primeira a implementar protocolos TCP/IP.

Mas o email como conhecemos hoje, foi criado por um programador americano chamado Ray Tomlinson, em 1971, através de um programa chamado SNDMSG (Send Message), que permitiu que pessoas de vários lugares pudessem enviar mensagens conectadas num mesmo computador.

Foi então que o caractere @ se espalhou e se popularizou para ser o caractere principal para facilitar a identificação de um único endereço de email de uma pessoa, e um único endereço, com um nome de usuário seguido pelo nomedo domínio, ficando assim: nomedeusuario@nomededominio.com

E em 1978, surge o primeiro envio de mensagens em massa, onde o usuário não tem controle das mensagens que chegam, fazendo o com que o próprio sistema do email o classifique essas mensagens exageradas, tanto em quantidades quanto chamativas, como SPAM

E quase duas décadas depois, em 1996, surge a primeira plataforma de emails que revolucionou todo o mercado tecnológico chamado Hotmail, hoje é chamado de Outlook, e revolucionou por ser a primeira plataforma que liberou o acesso gratuito aos recursos de envios e recebimentos de mensagens através do email para qualquer usuário em sua plataforma.

Como é usado nos dias atuais?

Hoje existem diversas plataformas de email pela a internet afora, tanto para envio e recebimento de mensagens pessoais para o seus usuários quanto para as empresas para enviar e receber mensagens promocionais e profissionais. O email desde a sua criação sofreu inúmeras evoluções e atualizações de recursos dentro de suas plataformas, mas o sistema para receber e enviar mensagens nunca mudou, por isso que muitas pessoas quando vão empreender na internet, busca a plataforma de email marketing que atenda a todas as necessidades que teria para manter o seu negócio funcionando.

E hoje se usa muito o que chamamos de Email Marketing, que é uma forma de você usar os recursos do email para vender os seus produtos e serviços e manter o seu público engajado, acompanhando os seus passos na internet, e manter um relacionamento da sua empresa com o seu publico.

Mas… o Email realmente morreu?

Já vou ser direto: Não, o email não morreu, está mais vivo do que nunca, e o email é o melhor amigo de todo empreendedor digital de sucesso, porque oferece vantagens que nenhuma rede social oferece, uma vez que você constrói a sua audiência através da lista de contatos no email, você vai ver o seu negócio sempre funcionando independente do que acontecer. Posso trazer como exemplo, o dia em que o Facebook, Instagram e o Whatsapp pararam de funcionar durante horas, praticamente o dia todo.

Quem tinha o seu negócio na internet e dependia quase que 100% desse três, estava na saia justa, via seu negócio parado esperando pelo menos um dos três canais de comunicação voltarem a funcionar, perdendo tempo e quem sabe, dinheiro. Mas quem tem esses três canais, e não dependia nenhum deles, e tem o email para se garantir, não tinha como se preocupar. E a lição que fica nessa situação é ampliar o seu negócio, ampliar para poder manter o seu negócio funcionando independente do que acontecer futuramente.

Conclusão

Ter um email traz várias vantagens para o seu negócio, não importa quais, mas traz. E uma delas é você não depender do algorítmo das redes sociais para manter o seu negócio funcionando, você não precisaficar o tempo todo procurando idéias de conteúdo para trazer para o seu publico, e facilita você vender o seus serviços e produtos. Como eu disse na introdução, não é qualquer pessoa que quer buscar trabalhar com o email, pois a maioria está nas redes sociais, mas se você tiver uma estratégia que realmente funciona, e ter disposição para escrever, uma plataforma de email marketing é para você.

Você também pode gostar...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

18 − 11 =